Double Dribble – clássico do Phantom System

dezembro 31st, 2012

Uma partidinha de basquete para matar a saudade. Double Dribble:

Algumas letras mal e mau traçadas…

dezembro 28th, 2012

Texto que acabei de escrever.

 

Sinto falta

Sinto falta da tua bolinha verde no meu Face
Sinto falta de olhar nos seus olhos
Sinto falta de sorrir com o seu sorriso
Sinto falta dos teus pedidos de atenção no MSN
Sinto falta de esperar dar 22 horas
Sinto falta de te ver
Sinto falta dos teus RTs marotos
Sinto falta das tuas fotos e seus diversos bicos carinhosos
Sinto falta de esperar meu celular apitar
Sinto falta dos teus vídeos do Youtube de músicas que eu não sabia cantar
Sinto falta de você me prometendo que aprenderia a letra de Fernando
Sinto falta dos teus estresses com o PC quando ele resolvia travar
Sinto falta de sentir teu perfume enjoativo
Sinto falta de fazer a curva para entrar na tua rua em terceira
Sinto falta dos seus dedos frenéticos na maçaneta do carro enquanto eu terminava a baliza
Sinto falta de beijar seus dedos
Sinto falta de corrigir seus textos
Sinto falta de você zoar minhas gírias
Sinto falta das tuas indiretas e das diretas
Sinto falta dos teus óculos escuros lançamento e dos óculos vermelho
Sinto falta das tuas unhas nas minhas costas
Sinto falta dos teus reclames da sua internet da idade da pedra
Sinto falta dos descontos da Vivo para ligar para o seu celular
Sinto falta dos teus trabalhos de faculdade mesmo sem ter feito um
Sinto falta dos teus sonhos mesmo sabendo que eu não estava em nenhum deles
Sinto falta das madrugadas que eu conseguia dormir só para sonhar mais rápido com você
Sinto falta de estourar a hora de almoço junto só para te deixar no ponto do ônibus
Sinto falta do seu vestidinho da vovó
Sinto falta do teu pé quente quando ia aos jogos do Flamengo
Sinto falta das tuas histórias de madrugadas perdidas de tédio
Sinto falta da tua desculpa que não tinha feito chapinha no cabelo e não podia sair
Sinto falta de sentir ciúmes
Sinto falta dos causos da tua mãe e esporro do teu pai
Sinto falta daquele convite para o restaurante mais caro da cidade que você esqueceu que fiz
Sinto falta dos teus temakis do Rio Sul
Sinto falta das tuas confissões que só um Skype e quilômetros de distância poderiam proporcionar
Sinto falta da tua carinha de sono depois que a confissão acabava
Sinto falta do teu nervosismo na primeira vez que andou de carro comigo.
Sinto falta do teu presente de aniversário que não te dei e que está jogado no fundo do meu armário
Sinto falta de ser trocado por Dois Homens e Meio
Sinto falta dos teus atalhos do metrô
Sinto falta de quando você não dava a menor ideia para as minhas poesias
Sinto falta de quando você curtia a coisa mais idiota do mundo que escrevo
Sinto falta de pegar um bloquinho de papel e te escrever uma poesia.

Primeiro post de 2012

setembro 15th, 2012

E hoje, dia 15 de setembro, 0:06h, eu faço o meu primeiro post neste blog no ano de 2012. Eu sei, deixei isso daqui de lado. Aliás, abandonei de vez; Mas como cantaria um por aí?

 

A gente se vê por aí!

Mundia Interclubes 1981 – Segundo Gol de Nunes com Jorge Curi

dezembro 14th, 2011

Mundia Interclubes 1981 – Gol de Adílio com Jorge Curi

dezembro 14th, 2011